Dicas importantes sobre o banho e a cozinha na Pedra do Sino

09/06/2018

A cozinha do Abrigo 4
A cozinha do Abrigo 4

Depois de horas caminhando montanha acima nada melhor que um banho quentinho para relaxar o corpo antes de sentar à mesa do jantar não é verdade? Ao ler esta frase você deve estar pensando: como assim? Banho quente e jantar sentado à mesa num acampamento no alto da montanha? Sim, no Abrigo 4 da Pedra do Sino isso é possível,

Muito bem cuidado pela equipe do Parnaso, o chalé projetado pelo "Laboratório de Produtos Florestais do IBAMA, conta com energia solar e tratamento biológico de efluentes", possui uma cozinha equipada com fogão a gás de botijão, pratos, panelas, leiteiras, frigideiras, talheres, copos, canecas que ficam à disposição das pessoas que optaram pelo alojamento no beliche e no bivaque.

A área do bivaque
A área do bivaque

Observação muito importante

Quem decidiu pernoitar no camping não tem o direito de usar a cozinha e precisa levar um fogareiro e o seu próprio material para cozinhar. Essa proibição tem como objetivo organizar a utilização da cozinha, que já fica muito cheia com os ocupantes do abrigo, e não tem capacidade para absorver a demanda adicional do camping.

É necessário ter paciência para preparar alguma refeição, esquentar a água para um café ou chá. Se o seu grupo chegou cedo ao abrigo, é aconselhável já adiantar o preparo da comida, para saboreá-la com calma na hora em que as filas estiverem formadas.

O banho quente

O clima no alto das montanhas da Serra dos Órgãos é frio, especialmente durante a temporada de montanhismo, que acontece nos meses de outono e inverno. Para facilitar a tarefa da higiene pessoal, a direção do Parnaso oferece a oportunidade de reservar o banho quente na hora da compra do ingresso pagando uma taxa de R$ 15,00. Mas não pense que é possível ficar meia hora curtindo a água quentinha, o tempo de cada banho é de cinco minutos, rigorosamente cronometrado.

Na primeira vez que eu fui, achei o preço caro demais, e decidi tomar banho frio mesmo. Mas logo durante a trilha, comecei a reconhecer o valor do que é cobrado. Eu vi que os botijões eram levados até o abrigo por funcionários que os carregavam nas costas por 12 km montanha acima. Depois, quando abri o chuveiro e senti o jato da água geladíssima adormecendo a minha pele ao primeiro toque, percebi que aqueles cinco minutos valiam cada centavo do que é cobrado. De lá para cá faço um investimento no meu conforto reservando o banho quente.

Mas a reserva do banho quente precisa ser feita na hora da compra do ingresso. Não adianta chegar lá em cima e tentar comprar na hora, porque os administradores do abrigo não recebem nenhum tipo de pagamento.

Como não há coleta de lixo regular no local, cada caminhante é responsável por levar de volta todo o lixo que ele tenha produzido durante a sua permanência nas áreas altas do parque. Os administradores do abrigo fazem o tratamento do lixo orgânico. Por isso, reserve espaço na sua mochila para alguns sacos de lixo, para manter todo aquele meio ambiente preservado da poluição.

Referência

PARNASO. Abrigo 4: Pedra do Sino https://parnaso.tur.br/atrativo/abrigo-4-pedra-do-sino/ acesso em 09/06/2018

Saiba mais sobre a Pedra do Sino

Participe de nossa próxima expedição!