Porque Você precisa conhecer as trilhas do Rio?

21/11/2016

Poucas cidades do Brasil têm a chance de oferecer ao seu visitante uma variedade tão grande de atrações dentro do seu perímetro urbano. No Rio de Janeiro você pode fazer uma trilha pela manhã, almoçar, descansar numa praia agradável na parte da tarde e à noite ir ao cinema, assistir a uma peça teatral ou a um show sem gastar muito, o que é mais importante.

Com 3.953 hectares, o Parque Nacional da Tijuca combina as funções de área de lazer e reserva ambiental, que recebe anualmente mais de dois milhões de visitantes por ano em seus quatro setores: Floresta da Tijuca, Serra da Carioca, Pedra Bonita/Pedra da Gávea e Pretos Forros/Covanca.

As trilhas da Floresta da Tijuca possuem diversos níveis de dificuldade, permitindo que tanto os aventureiros iniciantes quanto os trilheiros mais experientes desfrutem com prazer cada minuto de sua visita. Entre vários pontos de interesse se destacam: o Pico da Tijuca, com 1.021 metros, o morro de Corcovado, com 710 metros, na Serra da Carioca a Pedra Bonita, compõem o relevo deste lugar especial.

Reserve parte do seu tempo para conhecer as trilhas de Niterói, cidade vizinha do Rio, e você não se arrependerá. O Parque Estadual da Serra da Tiririca, com uma área de aproximadamente 4.500 Hectares, dá acesso a trilhas muito interessantes como as do Costão de Itacoatiara e o Morro da Andorinha, entre outras. Ao fim da caminhada é possível tomar um delicioso banho de mar nas lindas praias oceânicas de Niterói.

Na cidade de Teresópolis, temos o Parque Nacional da Serra dos Órgãos (foto). Estamos sempre em busca de desafios e periodicamente acrescentaremos novos destinos em nosso catálogo.

Confira as opções que a Vias e Aventuras separou para você.