Dez trekkings imperdíveis no Brasil

02/08/2017

Foto: Divulgação.
Foto: Divulgação.

Que o Brasil é um dos destinos com mais diversidades naturais e culturais do mundo, nós já sabemos. Mas, o fato é que, em tempos de crise econômica e alta do dólar, fica ainda mais fácil valorizarmos o nosso próprio território e voltarmos os nossos olhares para o que o Brasil tem de melhor. É preciso conhecê-lo para podermos compreender o quanto nosso país é verdadeiramente abençoado por Deus e bonito por natureza.

O site e aplicativo Dreampass Experiences, focado em divulgar experiências de aventura e ecoturismo, listou 10 trekkings imperdíveis no Brasil, para aqueles que, assim como nós, amam atividades outdoor:

1- TREKKING VALE DO PATI - CHAPADA DIAMANTINA - BA

Foto: Divulgação.
Foto: Divulgação.

Conhecido por ser um dos trekkings mais bonitos do país, o Trekking Vale do Pati caracteriza-se por suas caminhadas em extensas áreas planas, com alguns momentos de subidas e descidas íngremes e passagens por leitos de rios. Está localizado entre os municípios de Andaraí e Mucugê. A cada instante nos deparamos com morros deslumbrantes, rios e cachoeiras exuberantes que nos fazem compreender e admirar a magnitude da natureza local. Para quem tem disposição e gosta de uma boa caminhada, este trekking é o ideal.

2- TREKKING DE BONETE A CASTELHANOS - ILHABELA SÃO SEBASTIÃO

Foto: Divulgação.
Foto: Divulgação.

Prepare-se para uma maravilhosa travessia com belas paisagens e diferentes desafios, sem contar, é claro a incrível harmonização e sintonia com a natureza e o ecoturismo no geral. O trekking engloba uma expedição do extremo sul da Ilhabela até o extremo leste, contemplando as praias do Bonete, Sepituba, Enchovas e Indaiaúba.

3- EXPEDIÇÃO VOLTA NA ILHA GRANDE

Foto: Divulgação.
Foto: Divulgação.

A Volta da Ilha Grande é um dos trekkings de praias mais belos do Brasil, tem duração de 05 dias e uma distância aproximada de 70 km. A caminhada toda tem uma extensão de aproximadamente 15 km por dia e passa por mais de 20 praias, além das vilas mais importantes da Ilha Grande. Uma mistura perfeita entre praia e montanha.

No trekking de volta da Ilha Grande você poderá conhecer as comunidades caiçaras, tendo contato direto com moradores e fazendo refeições em suas pequenas pensões. Irá pernoitar em pequenas vilas de pescadores, onde há o equilíbrio do homem com a natureza. A caminhada Volta Ilha Grande é feita por trilhas que cortam os trechos da Mata Atlântica local, com constantes subidas e descidas de montanhas, atravessando rios e praias de cenário paradisíaco.

4- TRAVESSIA DA SERRA FINA

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

.A Serra Fina é uma cadeia de montanhas situada na tríplice divisa dos Estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo, ao longo da Serra da Mantiqueira. Considerada uma das travessias mais duras e difíceis do Brasil.

A Travessia da Serra Fina leva 04 dias para ser completada e tem aproximadamente 30 km. A aventura inicia-se em Passa Quatro. Os picos mais conhecidos da travessia são: Pico do Capim Amarelo (2.491 m de altitude). Pedra da Mina (2.798 m de altitude) e o Pico dos três estados (2.656 m de altitude). Essa é um grande desafio. Vai encarar? Confira opções aqui, aqui e aqui.

5- TRAVESSIA PONTA DA JOATINGA

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A Travessia da Ponta da Joatinga é uma das mais clássicas expedições de praias do Brasil. Localizada em Paraty, na Costa Verde do Rio de Janeiro, contempla as melhores praias da região. A travessia é realizada em 03 dias atravessando partes de Mata Atlântica e também belíssimas praias. Dentre elas, podemos citar a Praia de Pouso da Cajaíba, Praia de Martins de Sá, Praia do Cairuçu, Praia de Ponta Negra, Antigos, Antiguinhos e Praia do Sono. Na logística os aventureiros irão passar de barco em frente ao Saco do Mamanguá, o único lugar do Brasil com formação similar a dos fiordes, ou seja, depressões geológicas comuns nos países escandinavos.

6- TRILHA PEDRA DO SINO E TRAVESSIA PETRÓPOLIS TERESÓPOLIS

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A Pedra do Sino está localizada na região serrana do Rio de Janeiro, com 2.275m de altitude é a montanha mais alta da Serra dos Órgãos e o ponto culminante da famosa Travessia Petrópolis Teresópolis, que com certeza merece estar nessa lista. O trekking começa na entrada do Parque Nacional da Serra dos Órgãos (PNSO), em Teresópolis, e segue em direção a Barragem do Rio Beija-Flor, local de início da trilha. O percurso é feito em média em 6 horas de caminhada. Durante a trilha é possível observar a transição da rica vegetação de Mata Atlântica até a vegetação de campos de altitude, com extensa diversidade de flora, destacando-se as bromélias e orquídeas. Quase chegando no cume existe um abrigo de montanha conhecido como Abrigo 4. Esse local serve de abrigo para quem faz a Travessia Petrópolis Teresópolis, a Passagem da Neblina ou quer aproveitar ainda mais a paz e a beleza do lugar.

7- TRAVESSIA TRANSMANTIQUEIRA

Foto: Clube Trekking Santa Maria.
Foto: Clube Trekking Santa Maria.

Sem dúvida, uma das mais belas e difíceis travessias do Brasil, unindo três travessias clássicas da Serra da Mantiqueira e com ascensão aos cumes de cinco, das onze maiores montanhas do país! A distância total chega a cerca de 154Km, com aclives acumulados a 10.547 metros e declives acumulados a 10.964 metros. Radical, né?!

8- TRAVESSIA DOS NOVE CUMES NA SERRA DO IBITIRAQUIRE - PARANÁ

Foto: Divulgação.
Foto: Divulgação.

Um trekking belo e desafiador na Serra do Ibitiraquire no Paraná. Nele o participante chegará ao cume de nove montanhas, inclusive ao topo da região Sul o Pico Paraná com 1.877 metros de altitude. Já imaginou a vista maravilhosa que encontramos ao longo desse trekking com tantos cumes na sequencia? Vale a expedição!

9- TRAVESSIA 360° GRAUS NA SERRA DO CIPÓ - CONCEIÇÃO DO MATO DENTRO (MG)

Foto: Divulgação.
Foto: Divulgação.

Belíssimo trekking na Serra do Cipó em Minas Gerais. Incluí a tradicional travessia Lapinha x Tabuleiro com os cumes da Lapinha e Breu. Bem como a desconhecida rota norte com várias cachoeiras e o cânion do Peixe Tolo. Expedição realizada totalmente a pé. A distância total atinge pouco mais de 117Km com aproximadamente cinco dias de duração.

10- TREKKING TRANSDIAMANTINA (MG)

Foto: Divulgação.
Foto: Divulgação.

Conheça a Transdiamantina (setor noroeste de Diamantina em MG) abrangendo o circuito dos vilarejos de Biribiri, São João da Chapada e Santa Bárbara englobando as serras da Guiné, do Galho, do Tigre e Lamarão totalizando 74km de trekking na Cordilheira do Espinhaço em 4 dias. A rota também conhecida como Trilha do Algodão pelo vínculo que havia entre as fábricas de tecido de Biribiri e Santa Bárbara, também teve importância histórica na passagem de tropeiros que sempre levavam mercadorias para outras regiões. São várias vertentes para a Transdiamantina, sendo a rota noroeste, podendo ser feita outras ligações com os demais vilarejos existentes.

Por: Redação Mochila Brasil

Publicado originalmente em: http://bit.ly/2h2Lbyu